Vida


teste



Escrito por Rita às 10h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Ainda não tive coragem de desativar esse blog, que me trouxe tantas coisas boas, tantos risos, tantas lágrimas...Enquanto não me decido, postarei fotos. Beijos e até mais!



Escrito por Rita às 21h51
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Receita para a felicidade

Navegue, descubra tesouros, mas não os tire do fundo do mar, o lugar deles é lá. Admire a lua, sonhe com ela, mas não queira trazê-la para a terra. Curta o sol, se deixe acariciar por ele, mas lembre-se que o seu calor é para todos. Sonhe com as estrelas, apenas sonhe, elas só podem brilhar no céu. Não tente deter o vento, ele precisa correr por toda parte, ele tem pressa de chegar sabe-se lá onde. Não apare a chuva, ela quer cair e molhar muitos rostos, não pode molhar só o seu.
As lágrimas? Não as seque, elas precisam correr na minha, na sua, em todas as faces. O sorriso! Esse você deve segurar, não o deixe ir embora, agarre-o!
Quem você ama? Guarde dentro de um porta-jóias, tranque, perca a chave! Quem você ama é a maior jóia que você possui, a mais valiosa.
Não importa se a estação do ano muda, se o século vira e se o milênio é outro, se a idade aumenta; conserve a vontade de viver, pois não se chega a parte alguma sem ela.
Abra todas as janelas que encontrar e as portas também. Persiga um sonho, mas não o deixe viver sozinho. Alimente sua alma com amor, cure suas feridas com carinho. Descubra-se todos os dias, deixe-se levar pelas vontades, mas não enlouqueça por elas. Procure, sempre procure o fim de uma história, seja ela qual for.

Dê um sorriso para quem esqueceu como se faz isso. Acelere seus pensamentos, mas não permita que eles te consumam. Olhe para o lado, alguém precisa de você. Abasteça seu coração de fé, não a perca nunca.
Mergulhe de cabeça nos seus desejos e satisfaça-os. Agonize de dor por um amigo, só saia dessa agonia se conseguir tirá-lo também. Procure os seus caminhos, mas não magoe ninguém nessa procura.
Arrependa-se, volte atrás, peça perdão! Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário. Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas. Se achar que precisa voltar, volte! Se perceber que precisa seguir, siga! Se estiver tudo errado, comece novamente. Se estiver tudo certo, continue. Se sentir saudade, mate-a. Se perder um amor, não se perca! Se achá-lo, segure-o!

Carlos Henrique Guimarães

"Circunda-te de rosas, ama, bebe e cala. O mais é nada".
(Fernando Pessoa)



Escrito por Rita às 14h43
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Minha agenda

 

Na minha época as meninas tinham mania de fazer "agenda", que na verdade era uma espécie de diário. Mas não era um diário qualquer. Além de conter detalhes minuciosos sobre que ocorrera naquele dia, era recheado de papéis de bala, clips, fotos, enfim, tudo o que deixasse a agenda bem "gordinha". Era quase uma competição entre as meninas: quanto maior a agenda, mais legal era!
E eu não fugi à regra, claro.
Tive uma agenda que simplesmente ficava aberta de tantas coisas que tinha dentro. Era impossível fechá-la. Valia colocar de tudo: palito de sorvete, papel de bala ou de chocolate que havia comido naquele dia, bilhetinhos que havia recebido, convite do Ituano Clube (danceteria onde costumava ir), fotos...
Os textos eram de uma profundidade impressionante...rss...
Era mais ou menos assim: "Hoje o dia foi bom (o dia tinha sempre uma classificação, que variava entre péssimo, ruim, bom, mais ou menos e ótimo...rss...). Acordei às 10:00h, tomei café e liguei para a "fulana". Almocei e fui passear no centro da cidade. Depois voltei para casa e assisti MTV (eu adorava!). À noite a "fulana" me ligou e ficamos quase uma hora no telefone. Meu pai ficou uma fera!" rss...
Vai entender uma mania dessas!!!
Olhem só a pagina de uma das muitas agendas que tive na vida!
Foi gostoso relembrar!
Beijos!



Escrito por Rita às 13h17
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Faz tanto tempo que não escrevo...

Hoje me deu vontade de escrever sobre mim, sobre como está minha vida neste momento.

Estou em um momento muito feliz e sereno da minha vida! Tenho descoberto coisas novas, lido coisas novas que me fizeram repensar tudo o que vivi até hoje e como viverei daqui para frente.

Algo mudou dentro de mim...Para melhor! Me sinto mais humana, com mais vontade de ajudar os outros, de me doar, de dar auxílio a quem precisa sem esperar nada em troca...Tenho tantas idéias em mente! Só estou esperando o Rafa crescer um pouquinho para colocá-las em prática!

Falando em Rafa...Ele já está com 2 anos e 3 meses...Tão independente que me assusta! Fala umas coisas que parecem não ter saído da boca de uma criança de 2 anos. É incrível a percepção que as crianças tem do mundo, os comentários que eles fazem. E é maravilhoso sentir o amor e carinho dele para comigo e com meu marido!

Às vezes perco um pouco a paciência, confesso, mas logo me arrependo e o encho de beijos e abraços!

Ser mãe é algo maravilhoso! E mãe não é só aquela que gerou, que carregou o filho na barriga. Mãe é aquela que se preocupa, que agasalha, que passa noites em claro...

Agora deixo vocês uma mensagem linda que vem de encontro à tudo aquilo que eu penso da vida e que tento fazer, dia após dia!

Beijos

Amanhã pode ser muito tarde....
Para você dizer que ama
Para você dizer que perdoa
Para você dizer que desculpa
Para você dizer que quer tentar de novo....

Amanhã pode ser muito tarde....
Para você pedir perdão,
Para você dizer:
- Desculpe-me, o erro foi meu!....

O seu amor, amanhã, pode já ser inútil;
O seu perdão, amanhã, pode já não ser preciso;
A sua volta, amanhã, pode já não ser esperada;
A sua carta, amanhã, pode já não ser lida;
O seu carinho, amanhã, pode já não ser mais necessário;
O seu abraço, amanhã, pode já não encontrar outros braços....
Porque amanhã pode ser muito...... muito tarde!

Não deixe para dizer amanhã:
- Eu amo você!
- Estou com saudades de você!
- Perdoa-me!
- Desculpe-me!
- Esta flor é para você!
- Você está tão bem!.....

Não deixe para amanhã
O seu sorriso
O seu abraço
O seu carinho
O seu trabalho
O seu sonho
O seu desejo
A sua ajuda......

Não deixe para amanhã para perguntar:
- Por que está triste?
- O que há com você?
- Ei!.... Venha cá, vamos conversar....
- Cadê o seu sorriso?
- Ainda tenho chance?....
- Já percebeu que eu existo?
- Por que não começamos de novo?
- Estou com você. Sabe que pode contar comigo?
- Cadê os seus sonhos? Onde está a sua garra?.....

Lembre-se:
Amanhã pode ser tarde,... muito tarde!

Amanhã, o seu amor pode não ser mais preciso;
O seu carinho pode não ser mais preciso;
O seu amor pode ter encontrado outro amor;
O seu presente pode chegar muito tarde;
O seu reconhecimento pode não ser recebido com o mesmo entusiasmo!.....

Procure. Vá atrás! Insista! Tente mais uma vez! Só o hoje é definitivo!
Amanhã pode ser tarde,.... muito tarde!.....
 
(Silvana Reis)
 



Escrito por Rita às 14h35
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


EMPURRE  A  SUA  VAQUINHA  

 Um Sábio passava na floresta com seu Discípulo.
Avistou uma casinha pobre, aos pedaços.
 Nela moravam um casal e seus três filhos.
Todos mal vestidos sujos, magros e aparentando desnutrição.
O Sábio pergunta ao pai de família :
"Como vocês sobrevivem? Não vejo horta alguma, não vejo plantação
alguma, não vejo animais".
O pai respondeu... "Nós temos uma vaquinha que nos dá alguns litros de leite por dia.
Uma parte do leite nós tomamos, outra trocamos na cidade vizinha por alimentos e roupa e assim vamos sobrevivendo..."
O Sábio agradeceu e saiu novamente pelo seu caminho.
 Logo em seguida o Sábio avistou uma vaquinha e ordenou a seu Discípulo...
"Puxe aquela vaquinha até o precipício e a empurre precipício abaixo !".
Mesmo sem compreender a ordem,  o Discípulo a cumpriu.
- Empurrou a vaquinha no precipício e ficou pensando na maldade do Sábio em mandar  matar a única fonte de subsistência daquela família.
Aquilo não  saiu da cabeça do Discípulo por muito tempo...

  Alguns anos depois, passando pela mesma região, o Discípulo se lembrou da família e do episódio da vaquinha.
Resolveu voltar àquela casinha e ...surpresa!
No lugar da pobre casinha havia uma bela casa, um pomar ao redor, várias cabeças de gado, um trator novo. Na porta da casa avistou o mesmo pai... agora bem vestido, limpo, saudável.
Logo apareceram a mulher e os três filhos todos bonitos e aparentando saúde e felicidade.
Quando o Discípulo perguntou a razão de tanta mudança nesses últimos anos o pai de família respondeu...
"a gente tinha uma vaquinha que caiu no precipício e morreu.
Sem a vaquinha a gente teve que se virar e fazer outras coisas que nunca tinha feito.
Começamos a plantar, criar animais, usar a nossa cabeça para sobreviver e daí a gente viu que era capaz de fazer coisas que nunca antes tinha imaginado e de conseguir coisas que a gente achava impossível porque nunca havia tentado fazer.

Sem a vaquinha a gente foi à luta e a gente só tinha essa alternativa: Lutar para Vencer!

(Autor desconhecido)


 



Escrito por Rita às 14h36
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


O Círculo do Ódio
 
  
1.. Um diretor de empresa gritou com seu gerente porque estava irritadíssimo.
 
2.. O gerente, chegando em casa, gritou com a esposa, acusando-a de gastar demais.
 
3.. A esposa, nervosa, gritou com a empregada, que acabou deixando um prato cair no chão.
 
4.. A empregada chutou o cachorrinho no qual tropeçara enquanto limpava os cacos de vidro.
 
5.. O cachorrinho saiu correndo de casa e mordeu uma senhora que passava pela rua.
 
6.. Essa senhora foi à farmácia para fazer um curativo e tomar uma vacina.
Ela gritou com o farmacêutico porque a vacina doeu ao ser aplicada.
 
7.. O farmacêutico, ao chegar em casa, gritou com a esposa porque o jantar não estava do seu agrado.
 
8.. Sua esposa afagou seus cabelos e o beijou, dizendo: 'Querido! prometo que amanhã farei seu prato favorito. Você trabalha muito. Está cansado e precisa de uma boa noite de sono. Vou trocar os lençóis de nossa cama por outros limpinhos e cheirosos para que durma tranqüilo. Amanhã você vai se sentir melhor.'
Retirou-se e deixou-o sozinho com seus pensamentos.
 
9.. Neste momento rompeu-se o Círculo do Ódio!
Esbarrou na tolerância, na doçura, no perdão e no amor.
 
 
 
Se você está no Círculo do ódio, lembre-se de que, com TOLERÂNCIA, DOÇURA, PERDÃO e AMOR, pode-se quebrá-lo.

 

Recebi esse texto por e-mail e achei muito interessante! Pensem nisso!

Beijos




Escrito por Rita às 08h50
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Oi!

Nesse tempo todo que estive distante descobri muitas coisas, conheci pessoas, li muito! Às vezes é bom dar uma pausa! Apesar que acho que estou dando pausas demais no meu blog...rss...

Dia desses eu e meu marido estivemos fazendo vinho! A idéia partiu dele e ele já fez outras duas vezes, mas confesso que uma vez assisti a um filme (Caminhando nas nuvens) e achei linda aquela cena em que as mulheres dançavam sobre as uvas! Mas é claro que nós não fizemos isso...rss...Nossa produção foi bem pequena e não acho muito higiênico pisar nas uvas...rss...

Algumas fotos desse dia...

Beijos



Escrito por Rita às 15h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Existem certas coisas na vida que a gente demora tanto para entender...E tem coisas que a gente não entende nunca...
Desperdiçamos tanto tempo dando valor a coisas tão supérfluas, tão inúteis...Quando criança li em algum lugar uma frase que sempre escrevia em todos os cadernos e agendas: "Nunca faça de sua vida um rascunho pois talvez não sobre tempo para passá-la a limpo..."
Naquela época eu não entendia exatamente o significado dela, afinal eu era apenas uma criança e como uma criança poderia ter essa percepção que eu tenho hoje, de que a vida é realmente curta?
Pode parecer estranho que uma mulher de 26 anos (na verdade completo 27 na sexta-feira) pense assim...
É que tenho presenciado alguns fatos que me fizeram pensar assim...
Como a maioria de vocês já sabem o ano de 2004 foi muito triste...Mas despertou em mim muitas coisas boas! Hoje valorizo coisas que antes não dava a menor importância...
E agora entendo quando me diziam que tudo, por mais terrível que pareça, sempre nos ensina algo...
Mudando de pato para ganso, como costumava dizer quando ia mudar de assunto, gostaria de deixar uma dica de um filme maravilhoso que assisti esses dias! O filme é "Sob o sol da Toscana" e vale a pena assistí-lo!
Beijos


SOB O SOL DA TOSCANA
(Under the Tuscan Sun, EUA/ Itália, 2003)

Frances Mayes (Diane Lane), uma escritora que vive em São Francisco, tem uma vida perfeita até que se divorcia do marido. Com um texto para terminar e deprimida, decide comprar uma chácara na Toscana para descansar e começar uma nova fase em sua vida. Enquanto reforma a casa, conhece um homem que a faz redescobrir seus sentidos.

 

Direção: Audrey Wells
Elenco: Diane Lane, Raoul Bova, Sandra Oh, Vincent Riotta, Dan Bucatinsky.
Duração: 115 min.




Escrito por Rita às 13h26
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


A quanto tempo não escrevo...Confesso que tive saudades, mas tem hora que é necessário dar uma pausa...

Esse ano foi, entre todos que já vivi, o ano em que mais perdi pessoas que amava muito...Isso me fez crescer e perceber que a vida, pelo menos aqui na Terra, é muito curta e tudo pode mudar num piscar de olhos...

Com certeza depois de tudo que passou, posso sentir uma enorme felicidade com as coisas mais simples...

Me entristeço ao ver pessoas queridas jogando seu tempo fora com brigas e discussões que não levam a nada, por motivos tão banais...

Que no ano de 2005 as pessoas se deixem alegrar pelo canto dos passarinhos, se permitam sentir o prazer que proporciona uma xícara de café fresquinho, a ternura da gargalhada de uma criança...Que as pessoas possam se enriquecer com as experiências de vida das pessoas com mais idade e que possam libertar a criança dentro de si...

E que nunca se esqueçam que a vida é curta e que se não a vivermos com intensidade, estaremos jogando um presente no lixo todos os dias...

Uma vez escrevi um post sobre os sonhos da minha vida e disse que meu próximo sonho a ser realizado era reunir na minha casa as pessoas que amo! Pois, é...Consegui!

Na ceia de Natal vieram quase todas as pessoas que mais amo na vida! Foi uma noite maravilhosa! Só não foi perfeita pois três pessoas que eu amo muito se foram este ano...Mas acredito que de algum modo elas estavam aqui...

Foi uma noite em que me senti muito, muito feliz! Obrigada a todos! Amo vocês!

 

Um grande beijo!



Escrito por Rita às 12h46
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Talvez vocês já tenham lido esse texto...Eu tinha conhecimento desse fato e me emocionei muito ao lê-lo! É realmente uma lição de vida!

Beijos

NOBREZA HUMANA -

Possivelmente você já ouviu ao menos falar sobre os três tenores. O italiano Luciano Pavarotti, os espanhóis Plácido Domingo e José Carreras. É possível mesmo que os tenha assistido pela TV, abrilhantando eventos como a Copa do Mundo de futebol.
O que talvez você não saiba é que Plácido Domingo é madrileno e José Carreras é catalão. E há uma grande rivalidade entre madrilenos e catalães.
Plácido e Carreras não fugiram à regra. Em 1984, por questões políticas, tornaram-se inimigos.
Sempre muito requisitados em todo o mundo, ambos faziam constar em seus contratos que só se apresentariam se o desafeto não fosse convidado.

Em 1987, Carreras ganhou um inimigo mais implacável que Plácido Domingo. Foi surpreendido por um terrível diagnóstico de leucemia.
Submeteu-se a vários tratamentos, como auto-transplante de medula óssea e trocas de sangue. Por isso, era obrigado a viajar mensalmente aos Estados Unidos.
Claro que sem condições para trabalhar, e com o alto custo das viagens e do tratamento, logo sua razoável fortuna acabou. Sem condições financeiras para prosseguir o tratamento, Carreras tomou conhecimento de uma instituição em Madrid, denominada Fundación Hermosa.

Fora criada com a finalidade única de apoiar a recuperação de leucêmicos.
Graças ao apoio dessa fundação, ele venceu a doença. E voltou a cantar.
Tornando a receber altos cachês, tratou de se associar à fundação. Foi então que, lendo os estatutos, descobriu que o fundador, maior colaborador e presidente era Plácido Domingo.

Mais do que isso. Descobriu que a fundação fora criada, em princípio, para atender a ele, Carreras. E que Plácido se mantinha no anonimato para não o constranger por ter que aceitar auxílio de um inimigo.
Momento extraordinário, e muito comovente aconteceu durante uma apresentação de Plácido, em Madrid.

De forma imprevista, Carreras interrompeu o evento e se ajoelhou a seus pés.
Pediu-lhe desculpas. Depois, publicamente lhe agradeceu o benefício de seu restabelecimento.
Mais tarde, quando concedia uma entrevista na capital espanhola, uma repórter perguntou a Plácido Domingo por que ele criara a Fundación Hermosa.
Afinal, além de beneficiar um inimigo, ele concedera a oportunidade de reviver a um dos poucos artistas que poderiam lhe fazer alguma concorrência.

A resposta de Plácido Domingo foi curta e definitiva: "porque uma voz como essa não se podia perder."
Fazer o bem sem ostentação é grande mérito.
Ainda mais meritório é ocultar a mão que dá. Constitui marca de grande superioridade moral.
Não saber a mão esquerda o que dá a mão direita é uma imagem que caracteriza admiravelmente esse tipo de benefício.
Quando, ao demais, o benefício tem por objetivo maior atender um eventual desafeto, torna-se ainda mais meritório.
A criatura demonstra, com tal atitude, estar acima do comum da humanidade.

Que essa história não caia no esquecimento. E, tanto quanto possível, nos sirva de inspiração e exemplo.




Escrito por Rita às 15h06
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


O piano

Talvez vocês não saibam, mas toco piano desde os 7 anos de idade. Tocar é uma das minhas paixões; é uma paixão que anda meio esquecida, mas não adormecida...Todos os dias tento tocar pelo menos uma música!

Quando tinha uns 9 anos, ganhei meu primeiro piano! Me lembro perfeitamente como foi maravilhoso! Dias antes do piano chegar eu ia para a escola com aquela vontade de ficar, pois não via a hora que ele chegasse! Mesmo sendo criança, sabia o valor que aquilo tinha par o meu pai, o quanto ele suou para comprar aquele piano e o quanto ele gostava que eu tocasse! Ele era meu grande incentivador! Chegava do trabalho e me pedia para tocar determinadas músicas! Ou eu o chamava para ouvir a música nova que havia aprendido!

Nas festas de família todos ficavam à minha volta ouvindo as músicas que eu tocava e cantando com elas! Era uma sensação muito boa aquela! Me sentia querida por todos! Cheguei a ganhar um dinheirinho tocando em casamentos! Mas como tudo na vida passa, essa fase também passou e agora não tenho muito tempo para tocar...Mas não quero parar nunca!

Há cerca de uns 5 ou 6 anos atrás meu pai ganhou um piano de cauda do patrão dele. Quer dizer, ganhou, não, ele recebeu em troca de um projeto que havia realizado. Para vocês terem uma idéia de quanto meu pai gosta disso, o homem perguntou se ele preferia um carro ou o piano e ele escolheu o piano! E precisávamos muito de um carro novo na época! Hoje eu o agradeço muito por isso e por não ter deixado que eu parasse de ir às aulas de piano quando criança!

Semana passada veio um técnico afinador aqui em casa para analisar meu piano, pois além de ser afinado ele precisa de muitos reparos. Eu sabia que ele era antigo, mas não tinha a idade exata dele, pois ela fica impressa no seu interior e era necessário desmontá-lo para vê-la.

Quando ele me mostrou eu não acreditei: 20-02-1904! Meu piano tem 100 anos, dá para acreditar? Logo comecei a imaginar como ele chegou até mim, quem o trouxe para o Brasil (ele é austríaco), quem o comprou...Estou pesquisando na net dados sobre ele, mas está difícil encontrar algo concreto...E o que eu encontro está em alemão...rss...Mas não desisto, alguma coisa eu irei achar! Se alguém souber como posso conseguir isso, me diga por favor!

Aí vai uma foto do meu piano! Agora que sei que ele tem 100 anos estou ainda mais apaixonada por ele! rss...

Beijos



Escrito por Rita às 20h45
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Ontem foi aniversário de uma pessoa muito, muito especial!
Uma pessoa que dedica sua vida a cuidar dos filhos e os criou com muita dignidade, muito carinho, com seu jeitinho meigo e carinhoso de falar, o mesmo com que trata meu filho...
Uma pessoa que, acima de tudo, é minha amiga, minha companheira de cafezinho, minha companheira de videokê! Juntas rimos muito, falamos muita besteira! A nossa sintonia é perfeita!
Ontem foi aniversário de uma das pessoas que mais amo nesse mundo: minha mãe!
Mãe, também devo muito à você! Claro que tudo que tenho de bom dentro de mim eu devo à vocês (você e o pai)! Mas além disso, devo a vida do Rafa!
Eu já escrevi isso aqui e escreveria mil vezes, porque é verdade: sem você, sem o pai, eu não teria conseguido superar tudo aquilo...
Obrigada por tudo! Obrigada por ser assim, essa mãe maravilhosa!
Te amo!

Na foto, meus pais com o Rafa.

 



Escrito por Rita às 08h40
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Oi!

Nossa, quanto tempo!

Minha vida esteve um pouco tumultuada nesses últimos dias... O Rafa cortou a boca e foi um pouco difícil conter o sangramento...Tive que ficar literalmente grudada nele para evitar que machucasse a boca novamente! Mas o corte já cicatrizou e tudo voltou ao normal!

No post passado me referi ao mundo virtual...E mais uma vez esse mundo me trouxe de volta um amigo de infância, com quem eu não falava à muito tempo!

Estou sem inspiração para escrever...Vou postar um texto que recebi! Nada contra as loiras, afinal sou uma delas (paraguaia, mas sou...rss...)!

Beijos

DICIONÁRIO ESPECIAL PARA LOIRAS
 
Testículo.........Texto pequeno.
 
Abismado..........Sujeito que caiu de um abismo.
 
Pressupor.........Colocar preço em alguma coisa.
 
Biscoito..........Fazer sexo duas vezes.
 
Missão............Culto religioso com mais de três horas de duração.
 
Padrão............Padre muito alto
 
Estouro...........Boi que sofreu operação de mudança de sexo..
 
Democracia........Sistema de governo do inferno.
 
Barracão..........Proíbe a entrada de caninos.
 
Homossexual.......Sabão em pó para lavar as partes íntimas.
 
Ministério........Aparelho de som de dimensões muito reduzidas
 
Edifício..........Antônimo de "é fácil".
 
Detergente........Ato de prender seres humanos.
 
Armarinho.........Vento proveniente do mar.
 
Eficiência........Estudo das propriedades da letra F.
 
Conversão.........Papo prolongado.
 
Barganhar.........Receber um botequim de herança.
 
Fluxograma........Direção em que cresce o capim.
 
Halogênio.........Forma de cumprimentar pessoas muito inteligentes.
 
Unção.............Erro de concordância verbal. O certo seria "um é".
 
 Expedidor.........Mendigo que mudou de classe social.
 
Luz solar.........Sapato que emite luz por  baixo.
 
Cleptomaníaco.....Mania por Eric Clapton.
 
Tripulante........Especialista em salto triplo.
 
 Contribuir........Ir para algum lugar com vários  índios.
 
Aspirado..........Carta de baralho completamente  maluca.
 
 Cerveja...........O sonho de toda revista.
 
Regime Militar....Rotina de dieta e exercícios feitos pelo exército.
 
Bimestre..........Mestre em duas artes marciais.
 
Caçador...........Indivíduo que procura sentir  dor.
 
Suburbano.........Habitante dos túneis do metrô.
 
Volátil...........Avisar ao tio que você vai lá.
 
Assaltante........Um "A" que salta.
 
Determine.........Prender a namorada de Mickey  Mouse.
 
Pornográfico......O mesmo que colocar no  desenho.
 
Coordenada........Que não tem cor.
 
Presidiário.......Aquele que é preso diariamente.
 
Ratificar.........Tornar-se um rato.
 
Violentamente.....Viu com lentidão.
 
Diabetes..........As dançarinas do diabo



Escrito por Rita às 10h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Mundo virtual...

 

Hoje li uma mensagem que falava sobre o mundo virtual, a Internet...Dizia que muitas vezes algumas pessoas acabam se isolando do mundo real, só têm amigos virtuais, viajam pelo mundo sem sair de suas cadeiras em frente ao computador...Recebem flores virtuais, mas não sentem o aroma delas, recebem beijos e abraços, mas não sentem o calor humano que um abraço proporciona...Estou longe de ser uma pessoa dessas, nem tenho tempo para isso...rss...

Ter feito um blog trouxe para mim experiências maravilhosas! Conheci pessoas lindas, vi mensagens que me fizeram muitas vezes reavaliar minha vida. Fiz amizades que guardo no coração, me identifiquei com muitas pessoas! Mas...Por outro lado essa mesma Internet me traz um vazio...Sinto falta do olho no olho, de um abraço real...Essas pessoas sobre as quais tenho esse sentimento de profunda amizade sabem desse meu desejo de conhecê-las...

Não sei porque tenho esse desejo...Mas sou assim...Acho muito frio ficar se correspondendo só pelo computador...Algumas dessas pessoas moram longe...E outras duas moram aqui em Itu...Um dia vou conhecê-las...

Beijos



Escrito por Rita às 17h58
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Aborto...

Talvez vocês já tenham lido esse texto que fala sobre o aborto...É exatamente assim que eu penso em relação a isso...

Como pode alguém pensar em tirar uma vida? Olho para o meu filho e vejo o quanto é maravilhoso esse sentimento entre mãe e filho, essa sintonia! Certa vez li um texto onde um homem questionava a Deus sobre onde ele estaria e Ele lhe mostrava as flores, o aquecia com o calor do sol, o alimentava com a comida vinda da terra...Então o homem pediu um milagre...E Deus dez nascer uma criança!

Aqui segue um texto sobre o aborto...

Beijos

Certa mãe, carregando nos braços um bebê, entrou num consultório médico e, diante do doutor,
começou a lamuriar-se:
  - Doutor, o senhor precisa me ajudar num problema muito sério. Este meu bebê ainda não completou um ano e
estou grávida de novo!
Não quero filhos em tão curto espaço de tempo,
mas sim num espaço grande entre um e outro.
  Indaga o médico:
  - Muito bem... e o que a senhora quer que eu faça?
  A mulher, já esperançosa, respondeu:
  - Desejo interromper esta gravidez e
quero contar com sua ajuda.
  O médico pensou alguns minutos e disse para a mulher:
  - Acho que tenho uma melhor opção para
solucionar o problema e é menos
 perigoso para a senhora.
 A mulher sorria, certa que o médico aceitara
o seu pedido, quando o ouviu dizer:
  - Veja bem, minha senhora... para não ficar com
dois bebês em tão curto espaço de tempo,
vamos matar este que
está em seus braços. Assim, o
 outro poderá nascer...Se o caso é matar, não há
 diferença para mim entre um e outro.
Até porque sacrificar o que a
 senhora tem nos braços é mais fácil e a senhora
não corre nenhum risco.
  A mulher apavorou-se:
  - Não, doutor!!! Que hor­ror!!! Matar uma criança é crime!!!
 Infanticídio!!!
  O médico sorriu e, depois de algumas considerações,
convenceu a mãe de que não existe a menor diferença
entre  matar uma criança ainda por
 nascer (mas que já vive no seio materno) e uma já crescida.
  O crime e o pecado são exatamente os mesmos!!!!
  Não existe justificativa nenhuma para o aborto
(Desconheço Autor)



Escrito por Rita às 14h14
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Oi!

Nesse fim de semana fui à praia...Mas nem vi a cor do mar...rss...Era chuva atrás de chuva...Mas valeu pela movimentação, pelo menos não ficamos trancados em casa, ficamos trancados no apartamento olhando a chuva pela janela...rss...

Mas lá em Mongaguá o Wagner inventou de ir à feira sábado de manhã. Chegando lá me deparei com uma cena que não queria ter visto: uma menina (acho que tinha uns 6 anos) carregando um bebê recém-nascido na chuva, pedindo esmola...Sei que a gente vê isso todos os dias, mas aquela cena em especial me causou até dor...Não sei se vocês me entendem...Começaram a passar coisas pela minha cabeça do tipo: "Meu Deus, eu tenho uma casa legal, conforto, comida, roupas...E essas pessoas? Tem o quê? Que futuro elas terão?"...Se todo mundo pudesse ajudar uma pessoa que fosse, o mundo seria outro...Preciso fazer algo por alguém...

Outra cena que vi voltando de SP: um homem dirigindo com o braço para fora jogou discretamente um papel no chão, como se quisesse parecer que deixou o papel cair sem querer...A quem ele queria enganar? Com tanta campanha, com tanta informação, ele não poderia negar que o mundo está do jeito que está, imundo, poluído, por causa de pessoas como ele...

Me desculpem pelo post tão baixo-astral...Prometo que o próximo será diferente!

Beijos

 



Escrito por Rita às 18h38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Chocolate...

 

Depois de 1 ano sem comer chocolate e sem tomar refrigerante poderei finalmente saborear essas delícias!

Sabem qual o cardápio de amanhã? Duas caixas de "Calipso" e um tipo de pavê que vou passar a receita (facílima e deliciosa) para vocês agora!

Beijinhos

Pavê de chocolate com morangos

Ingredientes:

- 1 caixa de morango (também pode ser pêssego em calda).

- 1 pacote de bolacha Maizena

- 2 barras (200g) de chocolate ao leite com castanha de cajú

- 1 lata de creme de leite com soro

Colocar o chocolate picadinho em banho-maria. Quando já estiver derretido, adicionar o creme de leite.

Num pirex, fazer camadas da seguinte forma: uma camada de bolacha, uma de chocolate com creme de leite e outra de morangos picados até terminar.

Fica muuuiiito bom!!!

 



Escrito por Rita às 19h23
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Oi!

Nossa, esse blog está tão abandonado...É que estão acontecendo tantas coisas que não está mesmo sobrando tempo para postar...Uma pena, pois amo visitar vocês, meus amigos! Para ajudar, estou sem Speedy...Aqui onde moro não passa o sinal...Me senti uma criancinha querendo um brinquedo e quando chegou na loja não tinha mais...rss...

Bom, já que esse blog é o "Blog da minha vida", vou contar um pouco mais sobre minha vida...

No momento, estou na maior correria! Como todos sabem, me mudei a menos de um mês e não consegui ainda colocar todas as minhas "tralhas" no lugar...rss...

Graças a Deus tenho uma pessoa que me ajuda aqui em casa. Sem ela eu não conseguiria...O Rafa está terrível e não desgrudo dele...rss...

Tenho feito aulas de pintura em madeira (que eu amo) uma vez por semana.

Quanto ao piano...Bom o piano, raramente consigo tocar uma música inteira...Assim que o abro lá vem o Rafa querendo tocar também! rss...Sabe que por esse e outros motivos, tenho a sensação que o Rafa vai se interessar por arte? Ele vive com um pincel na mão, fica pintando as paredes (com o pincel limpo, é claro...rss...), os carrinhos...Ou ele vai ser mecânico, porque fica o tempo todo brincando e observando os carrinhos, seus detalhes, os pneus...Ele seria um filho de dar orgulho aos pais machões de plantão (que não é o caso do Wagner) que ficam horrorizados em ver seus filhos também "machos" brincarem de boneca, como certos pais que eu conheço...rss...

Falando no Rafa, olhem que fofo ele estreando na piscina de bolinhas! Sinceramente, até eu morro de vontade de entrar em uma! Será que eles deixariam?!?rs...

Beijos



Escrito por Rita às 11h47
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Oi!

Nossa! Quanto tempo sem postar...

Vocês já leram isso? É a carta de um devedor. Dizem que é verídica...

Beijos

CARTA DE CALOTEIRO 

Segue carta de um devedor, muito cara-de-pau, mas engraçada, publicada na Folha. Esta carta é verídica e foi divulgada pelo próprio Clube de Dirigentes Lojistas. A correspondência abaixo foi enviada por um devedor a uma das várias lojas credoras, conforme ele mesmo informa na sua correspondência. 
 
"Prezados Senhores, 
Esta é a oitava carta jurídica de cobrança que recebo de Vossas Senhorias...  Sei que não estou em dia com meus pagamentos. Acontece que eu estou devendo também em outras lojas e todas esperam que eu lhes pague. Contudo, meus rendimentos mensais só permitem que eu pague duas prestações no fim de cada mês. As outras, ficam para o mês seguinte. Estou ciente de que não sou injusto, daquele tipo que prefere pagar esta ou aquela empresa em detrimento das demais. 
Ocorre o seguinte... Todo mês, quando recebo meu salário, escrevo o nome dos meus credores em pequenos
pedaços de papel que enrolo e coloco dentro de uma caixinha. Depois,olhando para o outro lado, retiro dois papéis, que são os dois "sortudos" que irão receber o meu rico dinheirinho. 
Os outros, paciência. Ficam para o mês seguinte. Firmo aos senhores, com toda certeza, que sua empresa tem constando todos os meses na minha caixinha. Se não os paguei ainda, é porque os senhores estão com pouca
sorte. Finalmente, faço-lhes uma advertência: Se os senhores continuarem com essa mania de me enviar cartas
de cobrança ameaçadoras e insolentes, como a última que recebi, serei obrigadoa excluir o nome de Vossa Senhoria dos meus sorteios mensais. Sem mais, Obrigado."



Escrito por Rita às 13h48
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Oi!

Que saudade desse blog e de vocês! Queria agradecer todos os comentários que recebi desejando felicidades na casa nova! Adorei!

Aqui ainda está uma bagunça...rss...Nunca vi ninguém para juntar tanta tralha como eu...Aliás, vi sim! Meu avô Santim! Cada vez mais chego à conclusão que sou muito parecida com ele! Ele é marido da minha avó que falceceu em fevereiro (quem acompanha meu blog sem lembra disso) e é uma pessoa maravilhosa, admirável! No domingo ele e meus tios vêm almoçar aqui! Vai ser uma delícia! Olhem só a foto dele, que lindo que ele é!!!

Aliás, falando em meu avô, me lembrei da minha avó e de um texto que minha tia Rose (blog Reflexos da Alma) escreveu sobre ela. É lindo e peço licença à ela para postá-lo aqui!

 

A GRANDE VIAGEM

Em memória de Maria Vieira.

A roupa da viagem caía-lhe muito bem. Era um costume marinho, composto por saia justa, casaco de botões e uma blusinha bege de decote careca, que dava a leveza que o conjunto precisava para se tornar uma peça casual.
A maquiagem, quase imperceptível, realçava o ar sereno estampado em seu semblante. Era uma mulher bonita. Fora na juventude e, como um bom vinho que se apura com o passar dos anos, ficara mais bela na idade avançada. Acho que devido ao crescimento interior que confere aos bem vividos a graça de parar de envelhecer.
O cabelo penteado com cuidado emoldurava-lhe o rosto e completava-lhe a figura.
A mala! Esta sim já vinha sendo preparada há muito tempo. Não queria fecha-la, pois faltava sempre alguma coisa para completá-la.
Eram tantas as lembranças que colocava ali. Quase não havia espaço para levar as coisas boas que juntara no decurso da vida, tantas eram.
As imagens dos filhos, dez ao todo, precisavam ser colocadas lado a lado, para que não houvesse diferença entre eles. Graças a Deus conseguira cria-los para o bem e ajudá-los a estruturar suas vidas, dando-lhes abrigo até que conseguissem construir suas próprias casas. É certo que de todos, dois lhe ocupavam o pensamento, eram sua preocupação constante, pois sabia que ainda precisavam dela. E como precisavam! Amava a todos de igual maneira, embora seu coração elegesse a filha caçula como confidente e companheira.
Mas, era imperioso partir.
Por mais que lutasse contra o tempo, como incansável guerreira, por mais que insistisse em ficar para ajuda-los, o relógio da vida não parava nunca, tão pouco se atrasava.
Assim, juntava as lembranças: a figura do pai querido que a chamava ¿minha imagem¿; a vida abastada proporcionada por ele a toda família; o amor aos irmãos, entre eles os mais queridos Estela e José; o nascimento dos filhos, seus batizados, formaturas e matrimônios; os nascimentos dos netos e bisnetos, que lhe alegravam a vida. Quanta felicidade carregava ali!
As festas de família; as bodas de prata e ouro, repletas de surpresas e emoções; as vozes dos filhos e netos, componentes do ¿Coral Spinoso¿ que tanto orgulho lhe causavam; a casa que se esvaziava com os casamentos dos filhos e se enchia nas ocasiões festivas com a chegada dos mesmos; as peças de roupas que cozia com carinho; os trabalhos manuais que fazia com capricho, os quitutes preparados com amor para os entes queridos. Nada poderia ser esquecido.
A bagagem estava lotada. Não cabia mais nada!
Havia um bem maior que a acompanhara toda vida e que não poderia e tão pouco queria deixar para trás.
Talvez, por ele, insistisse tanto em adiar a viagem. Era um verdadeiro tesouro. Por mais que ajeitasse a mala, por mais que apertasse as lembranças, por mais que insistisse em coloca-lo ali, não havia espaço para uma coisa tão grande: seu amor maior, seu companheiro de todas as horas, o anjo bom de sua vida, a metade que completava o seu ser. Seu amado e querido esposo a quem dedicara a vida.
Pensou, pensou e, sem outra alternativa, trancou-o em seu coração, certa de que arrumara o melhor lugar para estar sempre com ele. Jogou a chave fora. Fechou a mala e partiu, na calada da noite para não incomodar ninguém, deixando um grande vazio e uma imorredoura saudade.
Descanse em paz, mãe!

Muito lindo. não é? Beijos



Escrito por Rita às 10h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


 

Mude

Mas comece devagar,
porque a direção é mais importante
que a velocidade.

Sente-se em outra cadeira,
no outro lado da mesa.
Mais tarde, mude de mesa.

Quando sair,
procure andar pelo outro lado da rua.
Depois, mude de caminho,
ande por outras ruas,
calmamente,
observando com atenção
os lugares por onde
você passa.

Tome outros ônibus.
Mude por uns tempos o estilo das roupas.
Dê os teus sapatos velhos.
Procure andar descalço alguns dias.

Tire uma tarde inteira
para passear livremente na praia,
ou no parque,
e ouvir o canto dos passarinhos.

Veja o mundo de outras perspectivas.
Abra e feche as gavetas
e portas com a mão esquerda.

Durma no outro lado da cama...
depois, procure dormir em outras camas.

Assista a outros programas de tv,
compre outros jornais...
leia outros livros,
Viva outros romances.

Não faça do hábito um estilo de vida.
Ame a novidade.
Durma mais tarde.
Durma mais cedo.

Aprenda uma palavra nova por dia
numa outra língua.
Corrija a postura.
Coma um pouco menos,
escolha comidas diferentes,
novos temperos, novas cores,
novas delícias.

Tente o novo todo dia.
o novo lado,
o novo método,
o novo sabor,
o novo jeito,
o novo prazer,
o novo amor.
a nova vida.

Tente.
Busque novos amigos.
Tente novos amores.
Faça novas relações.

Almoce em outros locais,
vá a outros restaurantes,
tome outro tipo de bebida
compre pão em outra padaria.
Almoce mais cedo,
jante mais tarde ou vice-versa.

Escolha outro mercado...
outra marca de sabonete,
outro creme dental...
tome banho em novos horários.

Use canetas de outras cores.
Vá passear em outros lugares.
Ame muito,
cada vez mais,
de modos diferentes.

Troque de bolsa,
de carteira,
de malas,
troque de carro,
compre novos óculos,
escreva outras poesias.

Jogue os velhos relógios,
quebre delicadamente
esses horrorosos despertadores.

Abra conta em outro banco.
Vá a outros cinemas,
outros cabeleireiros,
outros teatros,
visite novos museus.

Mude.
Lembre-se de que a Vida é uma só.
E pense seriamente em arrumar um outro emprego,
uma nova ocupação,
um trabalho mais light,
mais prazeroso,
mais digno,
mais humano.

Se você não encontrar razões para ser livre,
invente-as.
Seja criativo.

E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa,
longa, se possível sem destino.

Experimente coisas novas.
Troque novamente.
Mude, de novo.
Experimente outra vez.

Você certamente conhecerá coisas melhores
e coisas piores do que as já conhecidas,
mas não é isso o que importa.
O mais importante é a mudança,
o movimento,
o dinamismo,
a energia.
Só o que está morto não muda !

Autor: Edson Marques

Acho esse texto lindíssimo! Ele expressa bem o que estará acontecendo comigo na 3a feira: irei me mudar de casa! rss...Nada como uma boa mudança para revigorar nossas energias, não é mesmo? Mudança para melhor, é claro! rss...Então, meus amigos, estarei um pouco ausente nas próximas duas semanas, mas logo tudo voltará ao normal e eu estarei aqui, cheia de novidades!

Beijos!



Escrito por Rita às 16h07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Amanhã não se sabe...

Reparem na letra dessa música! Antes de vê-la no blog da minha amiga Cintia não tinha reparado como ela é linda! Beijos

Como as folhas, com o vento
Até onde vai dar o firmamento
Toda hora enquanto é tempo
Vivo aqui neste momento
Hoje aqui, amanhã não se sabe
Vivo agora antes que o dia acabe
Neste instante, nunca é tarde
Mal começou eu já estou com saudade
Me abraça,  me aceita
Me aceita assim meu amor
Me abraça, me beija
Me aceita assim como eu sou
Me deixa ser o que for
Como as ondas com a maré
Até onde não vai dar mais pé
Este instante tal qual é
Vivo aqui e seja o que Deus quiser
Hoje aqui não importa pra onde vamos
Vivo agora, não tenho outros planos
É tão fácil viver sonhando
Enquanto isso a vida vai passando
Me abraça, me aceita
Me aceita assim meu amor
Me abraça, me beija
Me aceita assim como eu sou
Me deixa ser o que for
Me abraça, me aceita
Me aceita assim meu amor
Me abraça, me beija
Me aceita assim como eu sou



Escrito por Rita às 14h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Felicidade...

Meu nome é Felicidade...

Faço parte da vida daqueles que tem amigos, pois ter amigos é ser Feliz.

Faço parte da vida daqueles que vivem cercados por pessoas como você, pois viver assim é ser Feliz !!!.

Faço parte da vida daqueles que acreditam que ontem é passado, amanhã é futuro e hoje é uma dádiva, por isso chamado de presente.

Faço parte da vida daqueles que acreditam na força do Amor, que acreditam que para uma história bonita não há ponto final.

Eu sou casada sabiam?

Sou casada com o Tempo.

Ah! O meu marido é lindo!

Ele é responsável pela resolução de todos os problemas.

Ele reconstrói corações, ele cura machucados, ele vence a Tristeza...

Juntos, eu e o Tempo tivemos três filhos:

A Amizade, a Sabedoria, e o Amor.

A Amizade é a filha mais velha. Uma menina linda, sincera, alegre. A Amizade brilha como o sol. A Amizade une pessoas, pretende nunca ferir, sempre consolar.

A do meio é a Sabedoria, culta, íntegra, sempre foi mais apegada ao Pai, o Tempo. A Sabedoria e o Tempo andam sempre juntos!

O caçula é o Amor. Ah! como esse me dá trabalho! É teimoso, às vezes só quer morar em um lugar... Eu vivo dizendo:
Amor, você foi feito para morar em dois corações, não em apenas um. O Amor é complexo, mas é lindo, muito lindo! Quando ele começa a fazer estragos eu chamo logo o pai dele, o Tempo, e aí o Tempo sai fechando todas as feridas que o Amor abriu !!!

Uma pessoa muito importante me ensinou uma coisa:

Tudo no final sempre dá certo, se ainda, não deu, é porque não chegou o final.

Por isso, acredite sempre na minha família.

Acredite no Tempo, na Amizade, na Sabedoria e, principalmente no Amor.

Aí, com certeza um dia, eu, a Felicidade, baterei à sua porta !

Tenha Tempo para os Sonhos

Eles conduzem sua carruagem para as Estrelas.

Tenha um ótimo dia !!!

Tenha um ótimo fim de semana !!!

E não esqueça...

Sorria !!!

Créditos: Sorria.com.br



Escrito por Rita às 14h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Usem filtro solar...

É provável que vocês já tenham lido esse texto, mas certamente devemos relê-lo sempre!

Amigos...

Usem filtro solar

Se eu pudesse dar um conselho em relação ao futuro, diria:

Usem filtro solar

Os benefícios, a longo prazo, do uso do filtro solar foram cientificamente provados.

Os demais conselhos que dou baseiam-se unicamente em minha própria experiência e eis aqui alguns conselhos:

Desfrute do poder da beleza de sua juventude.

Oh, esqueça. Você só vai compreender o poder da beleza de sua juventude quando já estiver muito velho.

Mas, acredite em mim.

Dentro de vinte anos, você olhará suas fotos e compreenderá, de um jeito que não pode compreender agora, quantas oportunidades se abriram para você e que eram realmente fabulosas.

Você não é tão gordo quanto você imagina.

Não se preocupe com o futuro.

Ou se preocupe, se quiser, sabendo que a preocupação é tão eficaz quanto tentar resolver uma equação de álgebra mascando chiclete.

É quase certo que os problemas que realmente têm importância em sua vida são aqueles que nunca passaram por sua mente, tipo aqueles que tomam conta de você às 4 da tarde em alguma terça-feira ociosa.

Todos os dias, faça alguma coisa que seja assustadora.

Cante.

Não trate os sentimentos alheios de forma irresponsável.

Não tolere aqueles que agem de forma irresponsável em relação a você.

Relaxe.

Não perca tempo com a inveja.

Algumas vezes você ganha, algumas vezes perde.

A corrida é longa e, no final, tem que contar só com você.

Lembre-se dos elogios que recebe e esqueça os insultos
(Se conseguir fazer isso, me diga como).

Guarde suas cartas de amor e jogue fora seus velhos extratos bancários.

Estique-se.

Não tenha sentimento de culpa se não souber muito bem o que quer da vida. As pessoas mais interessantes que eu conheço não tinham, aos 22 anos, nenhuma idéia do que fariam na vida.
Algumas das pessoas interessantes de 40 anos que conheço ainda não sabem.

Tome bastante cálcio e seja gentil com seus joelhos. Você sentirá falta deles quando não funcionarem mais.

Talvez você se case, talvez não.

Talvez tenha filhos, talvez não.

Talvez se divorcie aos 40, talvez dance uma valsinha quando fizer 75 anos de casamento.

O que quer que faça, não se orgulhe nem se critique demais.

Todas as suas escolhas tem 50% de chances de dar certo, como tambem tem as escolhas de todos os demais.

Curta seu corpo da maneira que puder. Não tenha medo dele ou do que as pessoas pensem dele. Ele é seu maior instrumento.

Dance, mesmo que o único lugar que você tenha para dançar seja sua sala de estar.

Leia todas as indicações, mesmo que você não as siga.

Não leia revistas de beleza. A única coisa que elas fazem é mostrar você como uma pessoa feia.

Saiba entender seus pais. Você nunca sabe quando vai sentir a falta deles.

Seja agradável com seus irmãos. Eles são seu melhor vínculo com seu passado e aqueles que, no futuro, provavelmente não deixarão você na mão.

Entenda que amigos vêm e vão, mas há um punhado deles, preciosos, que você tem que guardar com carinho.

Trabalhe duro para transpor os obstáculos geográficos e da vida, porque quanto mais você envelhece, tanto mais precisa das pessoas que conheceram você na juventude.

More em uma grande cidade uma vez na vida, mas mude-se antes que a cidade transforme você em uma pessoa dura.

More em uma cidade do interior, mas mude-se antes de tornar-se uma pessoa muito mole.

Viaje.

Aceite certas verdades eternas:

Os preços vão subir, políticos são todos mulherengos e você também vai envelhecer.
E quando envelhecer, vai fantasiar que, quando você era jovem, os preços eram acessíveis, os políticos eram nobre de alma e as crianças respeitavam os mais velhos.

Respeite as pessoas mais velhas.

Não espere apoio de ninguém.

Talvez você tenha uma aposentadoria.
Talvez tenha um cônjuge rico.
Mas você nunca sabe quando um ou o outro podem desaparecer.

Não mexa muito em seu cabelo. Senão, quando tiver quarenta anos, vai ficar com a aparência de oitenta e cinco.

Tenha cuidado com as pessoas que lhe dão conselhos, mas seja paciente com elas. Conselho é uma forma de nostalgia. Dar conselho é uma forma de resgatar o passado da lata de lixo, limpá-lo, esconder as partes feias, e reciclá-lo por um preço maior do que realmente vale.

Mas, acredite em mim quando eu falo do filtro solar.

Autor:Baz Luhrmann

Extraído do site: Sorria.com.br



Escrito por Rita às 17h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Hemofilia

Não são raras as vezes em que quando digo para alguém que meu filho é hemofílico, esse alguém me pergunta: "Nossa! E ele tem que fazer transfusão todos os dias?""Ele tem que fazer hemodiálise?"

Tenho consciência de que a hemofilia é uma deficiência rara e por isso nem todos já ouviram falar e se ouviram, obtiveram informações nem sempre verdadeiras. Chamo-a de deficiência pois ela consiste justamente na deficiência do fator de coagulação.

Não, hemofílico não precisa fazer transfusão. Apenas quando tem hematomas tem que tomar o fator de coagulação, que é um derivado de sangue.

Há alguns anos atrás o tratamento para a hemofilia era muito mais problemático: os hemofílicos tinham que tomar o crioprecipitdado, que é retirado do plasma sanguíneo. Na época não existia a tecnologia que temos hoje para se detectar o vírus HIV e muitos pacientes foram contaminados, como por exemplo o Betinho e seu irmão Henfil.

Mas nos últimos anos o tratamento evoluiu muito. O fator de coagulação, que pode ser sintetizado ou retirado do sangue, passa por testes que dão quase que 100% de segurança com relação à contaminação.

Portanto, um hemofílico pode e deve ter uma vida muito próxima do normal. Pode e deve praticar esportes, evitando apenas os que causem hematomas, como futebol, basquete, etc.

Resolvi que vez ou outra vou falar a respeito da hemofilia aqui no meu blog. Me assusta a ignorância dos médicos em relação à essa deficiência. Quando o Rafa nasceu teve um hematoma na nuca causado provavelmente pela passagem no canal de parto, o pediatra simplesmente não sabia como agir. Ele quase morreu e talvez tivesse morrido se nós já não tivéssemos outro hemofílico na família (meu irmão) e não soubéssemos da possibilidade de o Rafael ser hemofílico. Nós, mais precisamente meu pai, tivemos a atitude de implorar uma vaga na UTI do Boldrini, que era o lugar indicado para o caso dele.

Sei que já falei sobre isso aqui. Mas é esse mesmo o objetivo: desmistificar a hemofilia, fazê-los entender que apesar de rara, ela pode ocorrer, e principalmente, que não é tão grave como se pensa. Acho que é importante todo mundo ter esse conhecimento para que não aconteça o que aconteceu comigo.

Agora para aliviar, duas piadinhas:

O médico liga para o paciente:
_ Alfredo, seus exames ficaram prontos.
_ E daí doutor, tudo bem?
_ Bem nada, rapaz. Tenho duas noticias para te dar. Uma ruim e uma péssima.
_ Você tem 24 horas de vida!
_ 24 horas???? Meu Deus, não pode ser!
Depois de alguns segundos...
_ E a péssima?
_ Tentei te ligar ontem o dia todo, mas só dava ocupado!
 
 
 
  Durante  uma visita a um  asilo  de  loucos,  um  deputado pergunta ao diretor  qual  o  critério  para definir se um paciente está curado ou não.
_ Bem, nós enchemos uma banheira de água e oferecemos ao paciente uma colher  de chá e uma xícara. E pedimos a ele para  esvaziar a banheira.
_ Entendi. Uma pessoa normal naturalmente escolhe usar a  xícara, que é maior. 
_ Não, senhor. Uma pessoa normal tira a tampa do ralo...
 
Beijos
 
 
 


Escrito por Rita às 09h07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Oi!

O Rafa me surpreende a cada dia! Está falando tudo! Claro que naquela língua que só ele entende, né? Tem palavras que demoro um mês para descobrir o que significa! É uma fase linda, cheia de gracinhas! Mas por outro lado é assustador ver como o tempo passa rápido...

Anteontem ele ganhou de presente seu primeiro meio de transporte: um "motocão", como chamamos o triciclo!rs...

Agora o dia todo ele fica no motocão! Quase tive que levar para o banho também!!!rs...

Aí vai uma foto do Rafa todo orgulhoso de seu primeiro veículo!

Beijos

Picture Registered

Escrito por Rita às 10h30
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


O médico...

Quando conheci o blog Mãe da Luz me apaixonei...Lendo os relatos da Aninha descobrimos um mundo de amor incondicional, de exemplo do que é viver e enfrentar os problemas que se apresentam em nossas vidas e transformá-los em algo pequeno, que serviu apenas para aprendermos alguma lição.

Inspirada no blog da Aninha resolvi falar um pouco a respeito da insensibilidade de certos médicos...Não estou aqui para julgar, nem criticar, apenas questionar porque uma pessoa que escolheu uma profissão que tem o objetivo de curar as pessoas muitas vezes acabam provocando um mal estar maior...

Eles também são humanos. Também têm direito de se sentirem mal e acabar não tratando devidamente um paciente. Sei de tudo isso...Não quero generalizar. Muitos médicos merecem grandes prêmios. Mas outros...

Nesses últimos dois anos tive muito contato com vários médicos por dois motivos: o primeiro pelo fato de minha sogra ter ficado muito doente e o segundo pelo fato de meu filho ter sido internado logo que nasceu.

Nesse período fui testemunha da insensibilidade de alguns médicos.

O que você diria a um médico que chega para uma grávida (no caso, eu) e seu marido (no caso, o Wagner), filho da paciente sobre a qual estava-se discutindo o resultado de uma tomografia cerebral, do qual nem suspeitávamos qual seria, e diz, sem qualquer cuidado: "Ela pode morrer amanhã, daqui uma semana, daqui um mês! Tem um tumor enorme no cérebro!"

E para outro médico, que diz para outra grávida, de 7 meses, (no caso, minha cunhada), filha da paciente, quando ela vai perguntar sobre o estado de sua mãe:"Você quer que eu faça o que? Quer que eu entube? Eu entubo! Mas ela vai a óbito de qualquer jeito!" Assim, sem se importar se aquela filha, que carregava vida dentro de si, poderia com isso vir a ter um parto prematuro, diante de toda tensão que viveu durante a gravidez...

Como já disse, não estou aqui para julgar...Mas que ser humano é esse? Será que eu é que sou tão sensível?

Na minha opinião, quem escolhe ser médico, fez uma escolha que mudará sua vida para sempre! Ele poderá simplesmente exercer sua profissão apenas por status ou por dinheiro e seguir seu caminho, ou mudar a vida de outras pessoas, devolvendo-lhes a saúde, ou confortar aqueles que a tenham perdido em um caminho sem volta e assim ser o médico e não apenas mais um...

Me desculpem o desabafo, mas eu precisava disso...

Beijos



Escrito por Rita às 10h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Colaborem!

Oi, amigos! Estou na maior correria, mas passei aqui para postar o banner da nova companha do Centro Infantil Boldrini, hospital em que meu filho se trata. Colaborem, se puder! Vocês estarão salvando vidas!

Quem quiser conhecer o hospital , clique aqui.

Beijos

 



Escrito por Rita às 16h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Pai...

 

Ontem, dia 10, foi aniversário do meu paizão!

Peço licença à vocês, meus amigos, para dedicar esse post a ele!

Pai, você sabe que é muito importante na minha vida. Sem você e a mãe eu não teria conseguido superar tudo aquilo que aconteceu comigo quando o Rafael nasceu. Você sabe que de certa forma salvou a vida dele, quando com aquela atitude desesperada ligou várias vezes para o Boldrini tentando conseguir uma vaga na UTI.

Então, pai, devo a vida do meu filho à você! Devo minha dignidade à você! Devo tanto à você...Devo minha honestidade, meu bom-humor, minha forma engraçada de ver a vida , meu dom de tocar piano, meu gosto pela música, meu dom de ajudar as pessoas, de valorizar a minha família, de respeitar o próximo, de ser feliz...Ficaria até amanhã escrevendo tudo de bom que você me ensinou e me ensina até hoje! Você é admirável, pai! Obrigada por tudo! Te amo!



Escrito por Rita às 15h20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Meu perfil





BRASIL, Sudeste, ITU, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, Música, Informática e Internet, artesanato



Histórico


Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 Centro Infantil Boldrini
 Minha Alma
 Eternamente Gabi
 Josi Carinha de Bola
 Reflexos da Alma
 Site sobre Hemofilia
 Vale do Amor
 Mais de Nós Dois
 Eu e Histórias...
 Mãe da Luz
 A Poderosa & o Bruxo
 Sorria.com.br
 Vida de Cão
 Blog da Mi Leoa
 Meu mar azul
 Gifs Animados
 The Gabee
 Nem uma menina, Nem ainda uma mulher
 Serenata ao Luar
 Todo Fim é um Novo Começo
 Carol e sua vida
 Mais um dia, vida, correria...
 Vida Empolgante para Sempre
 Playground dos Dinossauros
 Augusto Neto
 Sonhos de Lis Midis
 Coisas da Vida
 Kit Básico da Mulher Moderna
 Mãe 24horas
 Blogs que eu vi
 Electra
 Cantinho da Deli
 Enquanto isso não passar
 Garotas que dizem Ni
 O mundo de Rô
 Change Of Times
 Associação dos Hemofílicos de Campinas e região
 Em Busca de Mim
 MEU FOTOBLOG